Boca Juniors Brasil - Boca Juniors realiza avaliação técnica com atletas matriculados nas Escolas de Futebol no Brasil 6c1b9f769a228f4e934751ae3ae21f5a

NOTÍCIAS

Boca Juniors realiza avaliação técnica com atletas matriculados nas Escolas de Futebol no Brasil

Publicado em 27/4/2016


Boca Juniors realiza avaliação técnica com atletas matriculados nas Escolas de Futebol no Brasil

Coordenador Técnico do clube xeneize vem ao Brasil com o objetivo de escolher os melhores para participarem da 2ª fase do processo na Argentina

O sonho em atuar por um dos maiores clubes de futebol do mundo pode estar próximo para os alunos das Escolas de Futebol do Boca Juniors no Brasil. É que de 05 a 14 de abril, o Coordenador Técnico das Escolas Internacionais do clube portenho, Oscar Bartolo Aquino,  estará no país com o objetivo de realizar a primeira fase do processo de Avaliação Técnica Oficial em nove escolas da rede de em solo brasileiro.

As cidades de Guarulhos (SP), Santos (SP), Sorocaba (SP), São Caetano do Sul (SP), São Bernardo do Campo (SP), Santo André (SP), Curitiba (PR), Blumenau (SC) e Canoas (RS) recebem respectivamente o evento, cujo objetivo será de selecionar os melhores atletas para participarem da segunda etapa do processo de avaliação no próprio clube, na Argentina, entre os dias 02 a 06 de maio.

O processo de seleção terá como regra básica, determinado pelo time xeneize, as habilidades técnicas, responsabilidade tática, estrutura e condicionamento físico, fundamentos aprimorados e postura em campo dos jogadores. “Essa avaliação serve para medir a qualidade e a evolução técnica dos nossos atletas, como também avaliar se a metodologia técnica do clube argentino está sendo ministrada e aplicada corretamente pelos profissionais envolvidos”, explica Higor Nunes, diretor da DFS Gol Business, licenciadora master das Escolas de Futebol do Boca Juniors no Brasil.

Geralmente a avaliação é realizada em campo oficial com gramado natural ou sintético e, após o término do processo, o avaliador reúne os atletas e explica os princípios utilizados para a escolha dos participantes, como forma de entenderem um pouco mais sobre a filosofia do Boca Juniors em formar jogadores de futebol. “Esse processo de avaliação e seleção é muito delicado e requer transparência, pois mexe com o sonho de qualquer jovem atleta em virar um jogador profissional. Portanto, a lisura desse processo é de fundamental importância para não cometermos equívocos e frustrações futuras dos nossos alunos”, comenta Nunes.

Após esse primeiro processo de avaliação, os selecionados serão convidados a participarem gratuitamente de uma semana de treinamentos nas categorias de base do CA Boca Juniors, em Buenos Aires, nas categorias correspondentes a idade de cada atleta. Para isso, o clube argentino disponibilizará o alojamento oficial do clube (Casa Amarela) e alimentação para cada participante durante o período de avaliação na Argentina.

“O fato de poder vivenciar, durante uma semana, o dia-a-dia de um atleta de base dos principais clubes do futebol mundial, aprendendo novas técnicas de trabalho, um novo idioma, uma nova cultura, fazendo novos amigos e se tornando cada vez mais preparado para os desafios que a vida de jogador profissional exige, já trará uma experiência internacional que poucos atletas tiveram em suas carreiras profissionais”, define o representante da DFS Gol Business.

Experiência xeneize

Oscar Bartolo Aquino é Coordenador Técnico das Escolas Internacionais de Futebol do Boca Juniors e possui mais de 30 anos de experiência com o trabalho de formação e treinamento físico. É treinador de futebol registrado pela AFA (Associação de Futebol Argentino) e Bacharel em Esporte pela Universidade de Salvador. Autor do livro “DEP Sistema – Dinâmica, Elasticidade e Plasticidade para Alto Desempenho no Futebol”, o treinador argentino é responsável pela descoberta de diversos ídolos do CA Boca Juniors, como Veron e Tevez, além de já ter trabalhado com atletas de renome internacional, como Riquelme, Palermo e Schelotto


Compartilhe: