Boca Juniors Brasil - Boca Juniors inaugura segunda unidade em Sorocaba (SP) 6c1b9f769a228f4e934751ae3ae21f5a

NOTÍCIAS

Boca Juniors inaugura segunda unidade em Sorocaba (SP)

Publicado em 25/1/2016


Boca Juniors inaugura segunda unidade em Sorocaba (SP)

Após quase dois anos de atuação na cidade, clube argentino amplia a sua atuação e inicia as atividades na próxima terça-feira (26), no bairro Campolim

Localizada na zona sul, numa região estratégica no bairro do Campolim, o C.A. Boca Juniors, da Argentina, inaugura a sua segunda unidade na cidade de Sorocaba (SP), na próxima terça-feira (dia 26), oferecendo o mesmo processo de formação desportiva aplicada nas divisões de base do clube portenho.

Localizada na Avenida Gisele Constantino, 158, o local conta com uma quadra de grama sintética de 1000 metros quadrados, estacionamento próprio, lanchonete, vestiários e churrasqueiras. Já os treinamentos acontecerão, a principio, as terças, quintas e sábados (manhã e tarde) para alunos entre 6 e 15 anos. Posteriormente, já há previsão para iniciar a turma intitulada de Boca Baby (03 a 05 anos).

Assim como em outras unidades do time xeneize em todo o Brasil, a nova unidade sorocabana oferecerá vantagens diferenciadas aos alunos, tais como: viagens internacionais (Boca Juniors Camp), a participação de torneios entre as unidades (Copa Interna das Escolas no Brasil) e o processo de avaliação técnica oficial, realizada anualmente por um representante do time argentino. “Acreditamos no potencial econômico e na alta demanda da região, que é composta por vários condomínios, tanto verticais como horizontais, para levar um conceito de escola de futebol comprovadamente diferenciado e exclusivo”, explica o sócio-diretor das unidades Sorocaba, Ednei de Camargo.

Sorocaba já conta com uma unidade do Boca Juniors, localizada na Rua Sylvio Betti, nº 300, no Recreio dos Sorocabanos, além de um núcleo no Condomínio Ibiti Royal Park e Condomínio Fazenda Imperial. Apesar disso, os representantes do clube azul y oro já pensam em nova expansão. “Estamos finalizando negociações para abertura de uma nova unidade, desta vez num campo oficial localizado na região Oeste da cidade e esperamos ainda neste semestre ampliar ainda mais a nossa atuação em Sorocaba e região”, declara o outro sócio-diretor das unidades em Sorocaba, Carlos Augusto Gomes de Oliveira (o Guto).

Para inscrições e informações sobre a segunda unidade das Escolas de Futebol do Boca Juniors em Sorocaba, basta entrar em contato pelo e-mail sorocaba2@bocajuniorsbrasil.com.br ou pelos telefones (15) 3100-0102 e 15 9 9848-1216. 

Perfil de sucesso

As unidades das Escolas de Futebol do Boca Juniors em Sorocaba tem à frente dois ex-profissionais da bola e com muita bagagem no futebol profissional: Ednei de Camargo e Carlos Augusto Gomes de Oliveira, o Guto. 

Ednei possui MBA de Gestão Empresarial (FGV) e iniciou sua carreia de atleta no time de base do São Bento, onde permaneceu até o profissional, transferindo-se posteriormente para o Atlético Sorocaba. Em seguida foi para o Atlético Goianiense, onde encerrou sua carreira. “Para mim o futebol é mais que um esporte, pois com ele é possível formar um cidadão do bem, com espírito de equipe e preparado para as relações da vida pessoal e profissional”, diz. 

Para Carlos Augusto Gomes de Oliveira, o Guto, a carreira no futebol foi bastante extensa. Iniciou sua história nas categorias de base da SE Palmeiras, onde permaneceu por nove anos. Depois, foi emprestado para o Mônaco, da França, onde chegou à Seleção Brasileira Sub-15 e 17. 

Ao retornar ao Brasil, passou por várias equipes, como: Platinense (PR), Atlético Paranaense (PR), Francana (SP), Paulista de Jundiaí (SP) e União Bandeirante (PR). Depois disso, teve uma experiência de nove anos no México nas equipes do Monterrey (três anos) e Santos Laguna (seis anos e meio). 

Antes de encerrar a carreira no Anapolina (GO), teve passagens ainda pelo Bolívar (Bolívia), além de Marítimo e Santa Clara (Portugal). Atualmente, possui o curso de Treinador de Futebol e já participou da comissão técnica, em 2005, do São Bento, quando era dirigido pelos experientes Freddy Rincon e Valdir Joaquim de Morais.


Compartilhe: