6c1b9f769a228f4e934751ae3ae21f5a

NOTÍCIAS

AS COPAS DO BOCA: 1977, A PRIMEIRA!

Publicado em 27/2/2018


AS COPAS DO BOCA: 1977, A PRIMEIRA!

Entrando no clima da Copa Libertadores da América, começaremos uma série de posts contando um pouco das campanhas do Club Atlético Boca Juniors durante os seis títulos que os xeneizes têm na competição.

O primeiro título veio em 1977. Na época, para conseguir a classificação, as equipes argentinas tinham que vencer o Campeonato Metropolitano de 1976, disputado entre os meses de fevereiro e agosto, ou o Campeonato Nacional, também do mesmo ano, entre setembro e dezembro. E o Boca venceu OS DOIS!

O grupo da Libertadores era difícil. Continha o Defensor Sporting e Peñarol, ambos do Uruguai, além do maior rival, o River Plate. O regulamento previa uma primeira fase, com cinco grupos com quatro equipes cada. O Boca Juniors passou como invicto, vencendo 4 dos 6 jogos.

Já a segunda fase eram os melhores de cada grupo, somada a entrada do campeão da edição anterior, no caso, o brasileiro Cruzeiro. Os confrontos do Boca foram contra o Deportivo Cali, da Colômbia, e o Libertad, do Paraguai. Duas vitórias e dois empates fizeram o Boca chegar a final contra o Cruzeiro, que avançou no grupo que tinha Internacional, de Porto Alegre, e a Portuguesa, da Venezuela.

A final teve seu primeiro jogo na Argentina, com Veglio fazendo o gol dos xeneizes na vitória por 1x0, aos quatro minutos de jogo. A volta foi no Mineirão, jogo onde o Boca sofreu a primeira, e única, derrota no torneiro, também pelo placar de 1x0, gol de Nelinho.

Na época, em caso de empate no agregado, deveria acontecer um terceiro jogo para decidir o campeão, disputado em um estádio neutro. O local escolhido foi o Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. O jogo truncado terminou zerado, sendo assim, decidido nos pênaltis.

O zagueiro Mouzo abriu a contagem para os xeneizes, após ter que bater o pênalti duas vezes devido o goleiro Raul ter se adiantado; Depois, Tesare, Zanabria, Pernía e Felman bateram os cobraram. Na bola que empataria a decisão, Vanderlei bateu no canto esquerdo do goleiro Gatti, que pulou para fazer a defesa.

O Boca Juniors acabara de vencer o primeiro título da Copa na qual se tornaria Rei, anos mais tarde!

A Libertadores dava o direito ao campeão de disputar a Copa Intercontinental contra o campeão da Taça dos Campeões Europeus. Porém, nesse ano, o Liverpool, da Inglaterra, abdicou sua participação, dando vaga ao vice-campeão europeu, o Borussia Monchengladbach. A soma das duas partidas foi um grande 5x3 para os argentinos, com destaque para o jogo no país germânico, onde os xeneizes ganharam por 3x0, tornando-se pela primeira vez campeão do Mundo!


Compartilhe: