6c1b9f769a228f4e934751ae3ae21f5a

NOTÍCIAS

Coordenador do Boca Juniors realiza Capacitação Técnica para profissionais das Escolas do clube xeneize no Brasil

Publicado em 5/10/2017


Coordenador do Boca Juniors realiza Capacitação Técnica para profissionais das Escolas do clube xeneize no Brasil

José Malleo estará à frente da programação que será realizada nos dias 09 e 10 de agosto, em Santos (SP)

 

Primeiro time estrangeiro a implantar escolas de futebol no país, o Club Atlético Boca Juniors continua inovando no mercado nacional e disponibilizará aos coordenadores e professores da sua rede um processo de Capacitação Técnica nos dias 9 e 10 de agosto (quarta e quinta-feira), em Santos, litoral de São Paulo.

O curso, promovido pela DFS Gol Business, empresa responsável pela gestão das escolas no Brasil, será conduzido pelo coordenador técnico do clube argentino, José Malleo, com o objetivo de disseminar o conhecimento da metodologia utilizada nas categorias de base xeneize, padronizando os princípios de treinamentos entre os brasileiros.

O evento terá duas fases distintas: a primeira considerada teórica, na parte da manhã, onde será exposto todo o modelo de ensino por meio de atividades pedagógicas, tendo como sede o Atlântico Golden Hotel, na Rua Jorge Tibiriça, 40, Gonzaga. Já o segundo momento será de trabalhos práticos, onde os profissionais brasileiros serão expostos ao estilo de comandar os treinamentos padrão, na unidade Santos II, na Praça Fernando Prestes, 34, Estuário.

Essa será a segunda oportunidade que os professores locais terão para aperfeiçoar suas funções em solo brasileiro, já que o curso anteriormente era oferecido pelo Boca Juniors apenas na sede do clube, em Buenos Aires. “Entendemos que a distância era uma dificuldade para que os nossos parceiros pudessem participar deste processo. Daí pensamos em trazer toda a programação para o Brasil, onde realizamos a primeira capacitação técnica no início deste ano e, agora, com a segunda edição”, explica o diretor da DFS Gol Business, Carlos Júlio Pierin. 

O coordenador técnico do Boca Juniors, José Malleo, trabalha no clube há 19 anos. No entanto, iniciou sua carreira como treinador das divisões de base do Rosário Central, em 1984. Dez anos depois, tornou-se treinador do Argentino, de Rosário, conquistando o acesso à primeira divisão. O feito foi repetido com o Almagro e, também, o Defensa y Justicia. Depois foi convidado para ser treinador das categorias de base do Boca Juniors, onde hoje realiza a captação de jovens talentos por toda a Argentina.

 

Sucesso

A licença das Escolas de Futebol do Boca Juniors está, atualmente, com 41 unidades espalhadas pelo território brasileiro. Apenas para ter uma ideia do sucesso do projeto no Brasil, o clube portenho mantém cerca de 60 unidades em todo o mundo, em países como Chile, Colômbia, El Salvador, Estados Unidos, Canadá, Espanha, Indonésia, Índia e Japão. Ou seja, mais da metade do total das escolas internacionais do Clube Atlético Boca Juniors estão no Brasil, evidenciando o sucesso que a licença alcançou em seis anos de atuação.

“Com a rivalidade dentro de campo, o clube não acreditava muito no sucesso em curto espaço de tempo. Contudo, o negócio tem se mostrado eficiente, com destaques nas ideias de ensino que é diferente às propostas por escolas brasileiras, nos produtos e suportes oferecidos aos alunos e aos administradores das escolas, colocando-nos como um diferencial de mercado”, esclarece Higor Nunes, sócio da DFS Gol Business desde 2006, licenciadora máster do Boca.

Saiba mais sobre a licença das escolas oficiais do Boca Juniors no Brasil através do site – www.bocajuniorsbrasil.com.br e nas redes sociais Twitter (@BocaJuniorsBR) e Facebook (Escolas de Futebol do Boca Juniors Brasil). Mais informações na DFS Gol Business pelo telefone (13) 3288-3235 ou pelo site www.dfsgol.com.br.


Compartilhe: