6c1b9f769a228f4e934751ae3ae21f5a

NOTÍCIAS

Boca Juniors realiza Avaliação Técnica com atletas matriculados nas Escolas de Futebol no Brasil

Publicado em 14/3/2017


Boca Juniors realiza Avaliação Técnica com atletas matriculados nas Escolas de Futebol no Brasil

Coordenadores Técnicos do clube xeneize estão no Brasil com o objetivo de escolher os melhores para participarem da 2ª fase do processo na Argentina

O sonho em atuar por um dos maiores clubes de futebol do mundo pode estar próximo para os alunos das Escolas de Futebol do Boca Juniors no Brasil. É que de 14 a 31 de março, os coordenadores técnicos das Escolas Internacionais do clube portenho, Oscar Bartolo Aquino e José Malleo,  estarão no país com o objetivo de realizar a primeira fase do processo de Avaliação Técnica Oficial em 13 unidades da rede em solo brasileiro. 

As cidades de Santos (14), Santo André (20, 21 e 22), Guarulhos (23), São Paulo – Lapa (24), São Paulo – Penha (25), Canoas (27), Blumenau (28), Curitiba (29), Sorocaba (30) e São Paulo – Jabaquara (31) recebem respectivamente o evento, onde haverá uma seleção com os melhores atletas de cada unidade, proporcionando a participação na segunda etapa do processo de avaliação no próprio clube, na Argentina. 

O processo de seleção terá como regra básica, determinado pelo time xeneize, as habilidades técnicas, responsabilidade tática, estrutura e condicionamento físico, fundamentos aprimorados e postura em campo dos jogadores. “Essa avaliação serve para medir a qualidade e a evolução técnica dos nossos atletas, como também avaliar se a metodologia técnica do clube argentino está sendo ministrada e aplicada corretamente pelos profissionais envolvidos”, explica Higor Nunes, diretor da DFS Gol Business, franqueadora master das Escolas de Futebol do Boca Juniors no Brasil. 

Geralmente a avaliação é realizada em campo oficial com gramado natural ou sintético e, após o término do processo, o avaliador reúne os atletas e explica os princípios utilizados para a escolha dos participantes, como forma de entenderem um pouco mais sobre a filosofia do Boca Juniors em formar jogadores de futebol. “Esse processo de avaliação e seleção é muito delicado e requer transparência, pois mexe com o sonho de qualquer jovem atleta em virar um jogador profissional. Portanto, a lisura desse processo é de fundamental importância para não cometermos equívocos e frustrações futuras dos nossos alunos”, comenta Nunes. 

Após esse primeiro processo de avaliação, os selecionados serão convidados a participarem gratuitamente de uma semana de treinamentos nas categorias de base do CA Boca Juniors, em Buenos Aires, nas categorias correspondentes a idade de cada atleta. Para isso, o clube argentino disponibilizará o alojamento oficial do clube (Casa Amarela) e alimentação para cada participante durante o período de avaliação na Argentina. 

“O fato de poder vivenciar, durante uma semana, o dia-a-dia de um atleta de base dos principais clubes do futebol mundial, aprendendo novas técnicas de trabalho, um novo idioma, uma nova cultura, fazendo novos amigos e se tornando cada vez mais preparado para os desafios que a vida de jogador profissional exige, já trará uma experiência internacional que poucos atletas tiveram em suas carreiras profissionais”, define o representante da DFS Gol Business. 

Experiência xeneize

Oscar Bartolo Aquino é Coordenador Técnico das Escolas Internacionais de Futebol do Boca Juniors e possui mais de 30 anos de experiência com o trabalho de formação e treinamento físico. É treinador de futebol registrado pela AFA (Associação de Futebol Argentino) e Bacharel em Esporte pela Universidade de Salvador. Autor do livro “DEP Sistema – Dinâmica, Elasticidade e Plasticidade para Alto Desempenho no Futebol”, o treinador argentino é responsável pela descoberta de diversos ídolos do CA Boca Juniors, como Veron e Tevez, além de já ter trabalhado com atletas de renome internacional, como Riquelme, Palermo e Schelotto.

José Malleo é Coordenador Técnico das Escolas Internacionais de Futebol do Boca Juniors e ex-jogador de futebol, onde atuou como atacante no Rosário Central.


 


Compartilhe: